quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Camisinha Prudence: Mau gosto explícito

Publicidade deve ser criada com o intuito de atrair o consumidor e passar uma imagem positiva do produto, mas há quem esqueça ou ignore o bom senso. Em pleno século XXI, há quem encoraje a violência sexual. Esse material foi postado no Facebook, ainda assim permaneceu por 3 semanas até ser excluída. A maioria das pessoas que postaram suas opiniões na página da Prudence no Face repudiaram a ideia

A tabela abaixo poderia ser bem interessante se não houvesse o item: " Tirando a roupa dela sem o consentimento...190 kcal". Hoje, a sociedade que fazer valer os valores e direitos femininos, além da força com que é repelida a violência sexual e ai, caem na cretinice de fazer uma citação dessa numa propaganda. Ou o intuito disso realmente era causar polêmica e dar visibilidade a marca ou perderam a noção.

UOL, em 30/07/2012 às 18h47 informou que após toda a polêmica, a DKT Internacional, detentora da marca Prudence, retirou a peça publicitária da página no Facebook e pediu desculpas aos consumidores. Apesar disso, o Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária (Conar) informou que já abriu um processo ético contra propaganda. 

Mais em UOL Notícias


Nenhum comentário:

Postar um comentário