quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Saúde: Dor relacionada ao Nervo Ciático

Durante uma atividade física, por exemplo, após um movimento brusco, você começa a sentir uma dor que se inicia no glúteo e que é irradiada para a coxa. De modo que, você começa a mancar e só senta meio que de ladinho... Se for definida como Síndrome do Piriforme, é configurada como uma síndrome neuromuscular que envolve a irritação ou mesmo a compressão do nervo ciático pelo músculo piriforme. Há controvérsias entre esta Síndrome e Neurite Ciática ou simplesmente Ciática,  ou ainda Radiculopatia Lombar, há quem afirme que ambas são a mesma entidade clínica e há autores que defendem o oposto.




Já ouvimos alguém reclamar de dor e se queixar do nervo ciático. Mas você sabe qual sua extensão? De onde começa até onde vai e quais locais que podem apresentar-se doloridos devido a alguma inflamação? 



O nervo ciático é o mais longo do corpo humano e se estende da lombar [L4-L5] até o hálux (dedão do pé).  Ele controla as articulações do quadriljoelho e tornozelo, e também os músculos posteriores da coxa e os músculos da perna e do Quanto à localização topográfica do nervo ciático após sua entrada na região glútea, Lockhart et al. referem que o nervo ciático desce para coxa no ponto médio entre a tuberosidade isquiática e o trocanter maior do fêmur, um pouco mais próximo da primeira saliência óssea. 


Humberto Neto do blog O guia do Fisioterapeuta refere que as dores geralmente iniciam-se na região glútea e podem estender-se para baixo afetando o membro inferior até o pé. Em alguns casos, o músculo piriforme pode causar compressão ciática verdadeira, uma vez que em algumas pessoas o nervo Ciático tem seu trajeto por entre o ventre do piriforme. Assim, a contração do piriforme pode causar compressão suficiente para causar sintomas neurológicos verdadeiros. Esta é uma das principais causas de confusão quando tentamos distinguir a ciática verdadeira da síndrome do piriforme. E ressalta que, os sintomas causados pela síndrome do piriforme podem ser muito semelhantes ou praticamente indistinguíveis da dor ciática verdadeira. 



A Síndrome do Piriforme também é conhecida como 'Síndrome do Bumbum Sarado', que é uma patologia pouco comum, mas que tem uma incidência aumentada em mulheres entre 20 e 50 anos que malham com muita intensidade os músculos da região das nádegas e coxas", diz o Dr. Ricon Jr, diretor do Centro Ortopédico de Ipanema. Ele acrescenta que o piriforme é um músculo em forma de pêra que se situa na região do quadril. Quando cresce muito, ou seja, é hipertrofiado, o piriforme comprime e inflama o nervo ciático, o que provoca muitas dores e complicações. Em academias, deve haver muitas mulheres que sofrem da doença sem saber. Elas só se dão conta quando o problema se agrava e o diagnóstico deve ser feito por intermédio de exames clínicos, associados, dependendo do caso, a exames complementares como ressonância magnética, ultra-sonografia, radiografia e eletroneuromiografia. A doença costuma ser confundida com bursite, lombalgia, tendinite dos flexores da coxa e ciatalgia.". Quanto ao tratamento da Síndrome do Piriforme, ele orienta o uso analgésicos, anti-inflamatórios, fisioterapia, injeção local de anestésicos e corticóides, injeção de botox, massagem transretal e, nos casos mais graves, cirurgia. E alerta: "Infelizmente, a Síndrome do Piriforme não costuma ser tratada adequadamente devido às dificuldades de diagnóstico. Com o crescimento vertiginoso do número de praticantes de esportes e de exercícios e com o "culto do bumbum perfeito", muito forte em nossa cultura, a doença tende a atingir um número cada vez maior de mulheres".

Então, meninas, cuidado com o excesso de vaidade!!!

REFERÊNCIAS


LOCKHART, R.D.; HAMILTON, G.F.; FYFE, F.W. Anatomia do corpo humano. 2ª ed. London: Faber and Faber Limited. 1972.


Abaixo, um vídeo bem rapidinho do Fisioterapeuta Rodrigo Andrade mostrando "Como alongar o músculo Piriforme e Lombar - sentado"





Nenhum comentário:

Postar um comentário