sábado, 22 de setembro de 2012

Universo dos Hamsters



Os hamsters são animais graciosos, fofíssimos, fáceis de cuidar e que não requerem tanto espaço. Inclusive, se você costuma viajar, é um bicho que tem facilidade de ser transportado. Para quem gosta de ter um bichinho de estimação por perto, sem altos custos (como salão, banho , tosa, etc) é uma excelente opção. Apesar da facilidade, requer cuidados como todo e qualquer ser vivo. Devido a sua docilidade, é possível brincar com eles assim que estiverem adaptados ao seu convívio, sem correr risco de levar mordidas. Como não enxergam muito bem, deve-se ter cuidado com o local onde ficarão soltos, para evitar acidentes.


Os hamsters são originários da Síria, onde foram capturados os primeiros (provavelmente um macho e três fêmeas) e criados - em cativeiro, isso por volta de 1950, ao norte da Síria, mais precisamente na cidade de Alepo.


HAMSTER vem da palavra alemã hamstern, que significa esconder, juntar, amontoar.  Este nome foi lhes dado devido ao fato de terem o hábito de encherem suas bolsas elásticas com alimentador, localizadas uma em cada lado de cabeça, pescoço e parte do tórax. Estas bolsas são independentes uma da outra e não tem qualquer ligação com o aparelho digestivo, servindo apenas como depósito para comidas ou para transportes de alimentos ou mesmo para armazenar materiais para a elaboração de seu ninho.

Os hamsters são conhecidos também por hamsters dourados, esquilinhos e esquilinhos do Líbano. Existem 54 (cinquenta e quatro) espécies, subespécies e variedades de hamsters. Eles tem 4 dedos nas patas dianteiras e 5 nas patas traseiras. 


Os hamsters possuem invaginações nas bochechas formando uma bolsa que tem até nome, chama-se “bolsa jugal”, na qual a principal função é exatamente o armazenamento de comida. Essa estrutura é conhecida também como um “Local de Privilégio Imunológico” natural. O hábito de acumular comida nas bochechas além de ser parte de seu comportamento natural, é uma forma de carregar o seu “tesouro” para onde for. Na natureza hamsters vivem em lugares desérticos, onde a escassez de comida é muito comum. Assim, esses animais adquiriram com a evolução, uma forma de manter a comida sempre por perto. Ele cava galerias e túneis no solo e ali guarda toda comida (sementes, grãos, frutas secas, etc) que consegue carregar na bolsa jugal. A bolsa jugal é uma estrutura toda equipada e adaptada para manter a comida bem conservada. A pele desta região não é irrigada por glândulas salivares, assim a comida se mantém fresca e seca. A textura da pele que revestem a bochecha é áspera e isso ajuda a segurar comida para não cair da boca. Assim, enfiar um monte de comida na boca não é falta de educação, é que o hamster é “prevenido”! (Diário de Biologia)

Primeiro passo é escolher qual hamster levar para casa. Hamster saudável é hamster curioso e ativo. Como o período de atividade deles é à noite, o ideal é fazer a busca no fim de tarde ou mesmo à noite. Observar a pelagem e os olhos, então observar se estão brilhantes. Pelos com falhas pode significar doença ou estresse, bolinhas ou caroços também podem evidenciar doenças.


"Você vai querer escolher um hamster saudável, então há certas coisas a procurar. Observe o hamster em que está interessado, e veja como se comporta. Se o hamster é quieto e parece tímido, então procure outro. O hamster típico é extrovertido e curioso: são animais muito ativos. Tenha em mente que os hamsters são noturnos, então estas criaturas ativas não são uma boa companhia para pessoas que têm sono leve. Para obter os melhores resultados, escolha seu hamster de noite, para que possa ver como ele se parece em ação. Você deve preferir um hamster de pelo liso e sem muco nos olhos. Além disso, prefira um bichinho com a respiração nítida. Eles devem estar em uma gaiola livre de resíduos, porque jaulas sujas podem significar problemas de saúde para o seu hamster, e quaisquer outros que você levar para casa." (Alfonso Almeida


Os filhotes são mais fáceis de amansar. Eles mordem apenas quando estão assustados, então paciência é essencial. Segure o grão de semente de girassol por exemplo para que ele pegue de sua mão, é um modo de fazê-lo acostumar-se com você. Converse com ele, pois é preciso que adapte-se a ouvir sua voz e assim crie confiança.


Feita a escolha de qual hamster você levará para casa, é preciso pensar num lugar aconchegante para o amiguinho viver. São diversos modelos de gaiolas encontrados em petshops e lojas que vendem artigos para pets. Os preços e modelos tem enorme variação. Portanto, a escolha também dependerá de quanto seu bolso suporte. Uma das marcas mais cobiçadas é a canadense Habitrail, com seus modelos diferenciados, design único, cheias de cores e tubos, o material é de plástico bastante resistente. O modelo Habitrail ovo suite kit  completo, chega a custar mais de R$200,00.


Mas os modelos convencionais não deixam a desejar e os preços são muito mais acessíveis. Além de que adoram se exercitar e as barras das gaiolas de metal propiciam que façam escalada constantemente. Geralmente, quem opta pelos hamster menores como o hamster anão, prefere aquários para alojá-los. Além da escolha da gaiola, deve-se escolher em qual local da casa você vai colocá-lo. Lembrando que esses bichinhos tem hábitos noturnos, portanto se seu sono for leve, melhor escolher um outro lugar que não seja seu quarto. Pois a noite, eles vão querer brincar na rodinha de exercícios, fazer o lanchinho da noite e haja roedeira madrugada a dentro... O importante é que seja um local arejado e sem corrente de ar, porque eles também ficam resfriados e longe do alcance de gatos e outros bichos que possam devorá-los.


Acessórios necessários para hamsters:
  • Bebedouro
  • Comedouro
  • Escadinha
  • Casinha
  • Roda para exercícios
  • Caso você costume viajar, é preciso gaiola de transporte ou bolsa de viagem.
Eles adoram brincar, então você pode adquirir brinquedos em petshops ou improvisar com caixinhas ou rolos de papelão e esferas, onde você pode soltá-lo pela casa.


Limpeza destes acessórios deve ser feita com sabão neutro, enxaguar bastante e secar antes de colocar na gaiola ou guardar. Não colocar álcool ou perfume, pois pode causar irritação ou intoxicação no bichinho.

A alimentação deve ser balanceada. Existem misturas apropriadas em lojas e petshops. Eles são apaixonados por semente de girassol, mas precisam dos outros itens da mistura para não desenvolver problemas intestinais ou até mesmo obesidade.

É preciso colocar serragem (maravalha) para forrar o chão da gaiola, há quem opte por areia de gato para evitar o odor e também por facilitar a remoção de urina, por formar pequenos grumos. O tipo de serragem adequado é a de madeira de lei ou faia. A troca da serragem recomendada no caso de apenas um hamster na gaiola, de 3 em 3 dias, para que o mal cheiro do xixi não se propague, mas em caso de dois ou mais hamsters, a troca deve ser efetuada a cada dois dias.   Detalhe é que ele usa a serragem como banheiro e usa também como cama. Com a serragem, pode deixar pedaços de papel, papelão, papel higiênico, pois eles juntam tudo, inclusive casca de sementes para formar uma cama macia e usam também como distração.

Não precisa dar banho no hamster, pois ele se higieniza sozinho. Lembra o processo auto-limpante do gato. Apesar de detestarem água, sabem nadar. Portanto, não precisa fazer o teste!!

Como saber o sexo do seu hamster (por Justhamsters):





Gestação: 16 dias para o sírio e 30 dias para o chinês

Ninhada: 4-20 filhotes

Tempo de vida: média de 3 anos


Alguns cuidados
  • Manter água fresca à disposição no bebedouro
  • Colocar comida em pouca quantidade
  • Vitaminas, só com orientação do veterinário
  • Ofereça frutas frescas, legumes e verduras em pequenas quantidades
  • Não expô-los diretamente ao sol, porque podem desidratar facilmente
  • Para que os dentes da frente mantenham o comprimento correto, deve-se oferecer alimentos duros como milho, amendoim cru, semente de girassol (geralmente esse mix, incluindo outros alimentos ricos já tem no pacote de alimento para hamster)
  • As unhas também nunca param de crescer, assim como os dentes. Então, deve-se deixar lixas na gaiola para que desgastem
  • Evitar que tomem quedas ou que sejam expostos a fortes odores
  • Se o hamster adoecer, leve ao veterinário

Leia mais sobre patologias de hamster e cuidados em: Amigo Hamster

Fontes: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário