terça-feira, 8 de maio de 2012

"O Portão do Inferno" de Hades


Algumas pessoas amam mitologia. São histórias inebriantes que envolvem, deuses, humanos, ninfas, paixões fugazes, guerras e muita aventura... Os apaixonados por mitologia, conhecem as histórias de cada personagem...  lembro que estudei superficialmente no ensino médio, então tive que fazer uma pesquisa para rever o assunto e conhecer um pouco sobre Hades. Minha curiosidade quanto à ele foi despertada quando estava vendo algumas fotos de lugares incríveis pelo mundo. Então,  para falar sobre a cratera em Darvaz, primeiro pesquisei sobre a história de Hades, segue abaixo.

Hades/Plutão, deus do mundo subterrâneo ou como é mais conhecido, deus do inferno da mitologia grega ou ainda, Plutão, na mitologia romana. Filho de Cronos e Réia, irmão de  Zeus, Héstia, Demeter, Hera e Poseidon. Casado com Perséfone (Cora para os romanos), que raptou do mundo superior, para ter como sua rainha. Este mito ficou muito conhecido como o rapto de Cora. Ele a traiu duas vezes, uma quando teve um caso com a ninfa do Cócito e também quando se apaixonou por Leuce, filha do Oceano. Ele dominava o reino dos mortos, um lugar onde só imperava a tristeza. Conseguiu esse domínio através de uma luta contra os titãs, que Poseidon, Zeus e ele venceram. Assim Poseidon ficou com o domínio dos mares, Zeus ficou com o céu e a Terra e Hades com o domínio das profundezas. Era um deus quieto e seu eu nome quase nunca era pronunciado, pois tinham medo, para isso usavam outros nomes como o de Plutão. Um deus muito temido, pois no seu mundo sempre havia espaço para as almas. Seu mundo era dividido em duas partes: o Érebo onde as almas ficavam para ser julgadas para receber seus castigos ou então suas recompensas; e também a parte do Tártaro que era a mais profunda região onde os titãs ficavam aprisionados. Hades era presidente do tribunal, era ele que dava a sentença dos julgamentos. Além das sombras e almas encontradas em seus domínios, era também cuidadosamente vigiado pelo Cérbero que era seu cão de três cabeças e cauda de Dragão. Era conhecido como hospitaleiro, pois nos seus domínios sempre tinha lugar para mais uma alma. O deus quase nunca deixava seus domínios para se preocupar com assuntos do mundo superior, fez isso duas vezes quando foi raptar sua esposa e a outra quando foi para o Olimpo se curar de uma ferida feita por Heracles. Hades tinha o poder de restituir a vida de um homem, mas fez isso poucas vezes e muitas delas a pedido de sua esposa. Também conhecido como o Invisível, pois com a ajuda do seu capacete que o protege de todos os olhares. Este capacete também foi usado por outros heróis como Atena e Perseu.Porém, ao contrário do que muitas pessoas pensam, Hades não é o deus da morte e sim o da pós-morte, ele comanda as almas depois que as pessoas morrem. Apenas Ares e Cronos são responsáveis pela morte e com isso até inimigos da humanidade, o que ele não era e sim temido por sua fama.



 você já imaginou se esse lugar fosse real? 

Então, imagina um lugar com uma cratera de 60 metros de diâmetro e 20 de profundidade a mais de 40 anos? E que ainda se mantém flamejante! Na década de 50, soldados soviéticos cavaram um buraco na tentativa de encontrar gás natural. De lá para cá, o fogo nunca mais apagou.


Os relatos mais aceitos sobre a origem do fenômeno contam que geólogos russos estavam procurando reservas de gás natural na região quando uma das plataformas de perfuração caiu em uma caverna subterrânea, o que abriu a cratera. A caverna estava cheia de gás e, para evitar que a substância tóxica se espalhasse, os russos incendiaram o local, para que o gás se consumisse - e ele estaria queimando desde então. (Época, 2009)




O Turquemenistão ou Turcomenistão (em turcomeno Türkmenistan) é um país situado na Ásia Central, limitado a norte pelo Cazaquistão, a norte e a leste pelo Uzbequistão, ao sul pelo Afeganistão e pelo Irã, e a oeste pelo Mar Cáspio, do outro lado do qual se estendem as costas do Azerbaijão. Foi até 1991 uma república soviética chamada Turcmênia. Sua capital é a cidade de Asgabate. 


Darvaz, também conhecida como Darvaza ou Derweze, que significa "O Portão", em turcomano.  É uma vila do Turcomenistão com cerca de 350 habitantes, localizada a cerca de 260 quilômetros ao norte de Ashgabat, no meio do deserto de KaraKum, que ocupa mais de 70% do país de 350.000 km².Seus habitantes são principalmente turcomanos da tribo Teke, que conservam um estilo de vida semi-nômade É rico em petróleo, além de enxofre e gás natural, substâncias que podem estar ligadas à existência do buraco, cujas chamas, durante a noite, podem ser vistas a quilômetros de distância. O brilho laranja pode até mesmo ser visto nas imagens de satélite do Google Maps.



Porta do Inferno (ou Porta para o Inferno) recebeu este nome em virtude das labaredas constantes que nela flamejam, propiciando um cenário que faz lembrar a descrição popular do acesso principal ao mitológico Reino de Hades.

Veja algumas fotos abaixo:


Realmente incrível!

FONTES



Nenhum comentário:

Postar um comentário